19
NOV

É FEBRE: RAINBOW LOOM


Meninas, me perdoem o sumiço. Ainda não consegui adaptar ritmos ao meu novo estado "gravidinha". Mas, quero dar um jeito nisso, URGENTE! hahaha O assunto de hoje não é moda literalmente falando, no acepção restrita dessa palavra, mas abrange uma febre que, quem é mãe, com certeza já deve estar por dentro. Há alguns meses, uns 4 ou 5 meses, recebi de uma parceira uma caixinha com ligas de elástico coloridas, uma espécie de base cheia de pinos, como um mimo para a minha princesa. Olhei para a caixa e me perguntei: o que fazer com isso? Boba! Não sabia eu que aquilo seria uma febre alguns meses depois. Então, acabei inutilizando a caixinha, porque não consegui fazer nada, e "deixei para lá". Daí que há algumas semanas, vejo minha filhota chegar em casa com algumas pulseirinhas coloridas que primas e amigas haviam feito e a presenteado. Incrível como eles acham o máximo. O que era difícil, depois foi destrinchado, muito simples. Com o auxílio de um pegador de roupas, você consegue se debulhar nesses elásticos e produzir MIL coisas, tudo dependendo da sua imaginação. Já vi bolsas, chaveiros, tiaras, enfim, o pessoal anda se especializando no negócio MESMO! Deixa eu apresentá-las para quem não conhece: Rainbow-Loom-400x240 Rainbow-Loom-Hands   Tem pingentes, letrinhas, elásticos que mudam de cor no sol, infinitas cores... Essa moda que "bomba" em Portugal , e a maioria dos vídeos de tutoriais são feitos por portugueses, permite que a criançada use e abuse da sua imaginação. A minha pequena, de 5 anos, senta com sua caixinha e passa horas, fazendo sua pulseirinha. Não sei se mais alguém irá se identificar, mas na minha época, essas pulseirinhas eram feitas dos fios que sobravam dos postes de energia, quando um funcionário da antiga "Saelpa" ia fazer a manutenção. Ficávamos meus amigos, primos e eu, sentados na calçada da rua, esperando os fios para fazermos trancinhas... Tudo evolui e melhora com o tempo. #fato! Para quem nunca fez, pode até achar complicado. Mas, é muito simples. Você só irá precisar das ligas, um pegador de roupa (ou seus próprios dedos) e fechos para cerrá-las. Depois disso, assistam esse vídeo:   http://youtu.be/HUxFD-Ze38Y Viram como é simples? Não é a toa que uma criança ensina esse passo a passo com muita propriedade. Moro em João Pessoa, e , para quem me perguntou no instagram onde comprei o kit da minha filhota, foi na Garina Acessórios. Ela fica localizada na Rui Carneiro, quase vizinho a loja Bagunça. Por lá vocês encontrarão as caixinhas para armazenar seu material, várias cores de ligas, fechos, pingentes, agulhas, e o tear (fábrica de fazer pulseiras, que tem o uso bem mais complicado). Para montar o kit da Ana Sophia, gastei R$189.00. Mas, tudo depende do que você escolher.  A caixinha custa R$28.00 / cada saquinho com 200 ligas : R$5,00 / Caixas com pingentes e fechos: R$28,00; Dá para ter uma média, né?! Na Hi Happy você encontra uma Fábrica de Pulseiras da estrela, que custa R$59,00. Ela vem com 600 ligas, fechos e uma agulha para ajudar no uso da fábrica. Mas, acreditem, quando a meninada começa a usar, essas 600 ligas são quase nada. A Ana Sophia anda super entretida, e eu, quando estou em tempo livre, também fico me arriscando. Procuro os "pontos" mais complicados, para fazer pulseirinhas mais diferentes. Vejam algumas das que achei mais interessantes: &nbsp http://youtu.be/Q4vTLM_U_Wo http://youtu.be/4YTvN89XrBI http://youtu.be/yT1YnlXj3MA http://youtu.be/XIFelAcnYPg http://youtu.be/dje_2dR2Wl0 http://youtu.be/q1BRX9bw6qU http://youtu.be/whuk7TDEeNo Gostaram das ideias?! Minha próxima tentativa é essa tiara. Achei fofa!! Sobre a história das ligas conterem materiais cancerígenos, eu li a matéria que fala a respeito. Esses alertas são sempre bem vindos, não é verdade? Mas, é um tanto difícil controlar as crianças, até porque é uma brincadeira sadia. Ao que me contaram, isso vale para as ligas que não são originais da Rainbow Loom.   Mais alguém viciado nessas pulseirinhas por aqui?!   Beijos, Rafinha!

Nenhum comentário até agora , seja o primeiro =)

Avatar








PATROCINADORES


INSTAGRAM


PINTEREST





Todos os direitos reservados - Rafaela Gadelha - 2016